sábado, 25 de setembro de 2010


Rosas

mulheres!
porque não denomina-las como rosas,
regadas pelo orvalho do amor!
cheirosas, belas
e brilhantes,
como os raios do sol na manhã.
radiantes e sedutoras,
mesmo sem querer.
sex mesmo com o cabelo despenteado.
gostosa mesmo cheiro de boca.
perfeita mesmo na hora que acorda
com a cara amaçada!
as vezes amarga nos dias de TPM!
mas muito doce,
quando tá com manha.
mulher!
um vício que não queremos nos livrar.
mesmo chatas,
mandonas,
autoritárias,
teimosas.
mas massa mesmo!
que nunca enjoa!
que de lamber os dedos.
de sempre querer mais
mesmo tando cheio.
mulheres por que não defini-las
como rosas?


Eriberto Henrique 07/08/2010

Um comentário: