segunda-feira, 17 de junho de 2013

                 Águas turbulentas podem ficar calmas na correnteza, podem seguir o curso do rio manhosamente, acariciando as margens de forma fria e aconchegante, como se o toque de Deus pudesse ditar o ritmo de seu seguir. O sol nasce e se esconde pelas montanhas, as nuvens se transformam no céu a todo instante, a natureza dá um show a cada momento, e o homem nem se dá conta que também faz parte disso.

Eriberto Henrique, Jaboatão-PE, 17 de Junho de 2013 

Nenhum comentário:

Postar um comentário